O governo dos Estados Unidos seria o detentor de uma das maiores carteiras de Bitcoin do mundo.

Numa reportagem da revista Wired, a publicação afirmava que só o FBI tem o controle de um montante superior a 120 milhões de dólares em moedas digitais.

Para se ter uma ideia, apenas em 2013, o FBI e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos conseguiram 48 MILHÕES de dólares em Bitcoin. Essa soma foi fruto de uma operação para capturar uma rede clandestina de transações ilegais na internet. O objetivo era fechar a infame Silk Road (Rota da Seda). Tratava-se de um site que vendia drogas e outros ilícitos pela dark web em troca de criptomoedas.

A polícia federal americana apreendeu 144,336 BTC obtidos com mercados ilegais e os leiloou. Na época 1 BTC valia cerca de U$ 334. A venda pode ser vista como um típico erro de cálculo envolvendo ativos voláteis, porque poucos meses depois o Bitcoin valia 1000 dólares, mais que o triplo do momento do leilão.

Por fim, dois agentes que participaram da operação para fechar o mercado de drogas na darknet também foram presos. Sobre eles recaíram acusações de extorsão, lavagem de dinheiro e obstrução da justiça envolvendo a própria operação.

Fatos sobre Bitcoins

Essa é a uma matéria que compõe uma série que chamamos de “Fatos sobre Bitcoin”. A proposta é compartilhar aqui curiosidades e fatos interessantes sobre as mais famosas criptomoedas do mundo.

Gostou desta curiosidade? Compartilhe essa história entre seus amigos em suas redes sociais!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here